27/05/2024

HU-UFMA alcança 100% de conformidade em práticas de segurança do paciente

São Luís (MA) – O Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), alcançou 100% de conformidade às práticas de segurança do paciente, conforme “Relatório da Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente: Hospitais com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – 2023”. O Relatório, divulgado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em 5 de abril de 2024, apresenta o resultado da avaliação realizada em 2023. A avaliação é realizada anualmente de forma voluntária, com alta conformidade às práticas de segurança do paciente, atendendo aos regulamentos da Anvisa.

Pelo segundo ano consecutivo, o HU-UFMA é mencionado no relatório com alta conformidade na categoria “Hospital com UTI” e este ano está entre os cinco hospitais universitários da rede Ebserh que alcançaram a marca. Para o chefe do Setor de Gestão da Qualidade do HU-UFMA, Sirlei Garcia Marques,  o resultado reflete a excelência do serviço prestado à comunidade. “Estamos muito felizes com esse resultado, pois a equipe do HU-UFMA sempre trabalhou seriamente em prol da Qualidade e Segurança do Paciente, então o que alcançamos é fruto do esforço de todos. A avaliação é uma forma de ver na prática toda a organização da instituição, se cumprimos todos os requisitos, desde o treinamento da equipe até o monitoramento dos protocolos de segurança”.

A chefe de Serviço de Gestão da Qualidade da Ebserh, Márcia Amaral Dal Sasso, afirmou que todos os indicadores que compõem a avaliação da Anvisa também fazem parte do Programa Ebserh de Gestão da Qualidade (PGQuali), no formato de requisitos do Manual de Requisitos do PGQuali. Ela ressalta que, assim como a Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente, a Avaliação Interna da Qualidade (AVAQualis), é realizada anualmente. “Cada HUF da Rede Ebserh tem a oportunidade de avaliar sua conformidade frente às boas práticas apresentadas nesses 21 indicadores presentes na proposta da Anvisa durante a AVAQualis Total, no formato de Requisitos do Manual, por isso, é esperada a alta conformidade da Rede. Acredito que todos os HUFs Ebserh podem alcançar a alta conformidade aos se submeterem à Avaliação Nacional”.

Márcia acrescenta que, durante a AVAQualis, os avaliadores também observam a implementação dos documentos citados na avaliação da Anvisa nas áreas assistenciais, ou seja, verificam se de fato o que é proposto em cada protocolo acontece na prática do cuidado em saúde.

 Sobre a avaliação da Anvisa

A avaliação, que contempla 21 indicadores de estrutura e processos relativos à implementação das práticas de segurança do paciente, é realizada anualmente e de forma voluntária pelos hospitais com UTI das redes pública e privada em todo o país. Coordenada pela Anvisa e pelos Núcleos de Segurança do Paciente (NSP) das Vigilâncias Sanitárias (VISA) e coordenações estaduais/distrital de controle de infecção, a avaliação contou com a participação de 1.442 hospitais com UTI em 2023, na etapa de preenchimento e envio do formulário de avaliação das práticas de segurança do paciente.

Os indicadores avaliados visam garantir a segurança e a qualidade no atendimento aos pacientes, e os hospitais vinculados à Ebserh destacaram-se pela alta conformidade. Entre os indicadores com maior conformidade, de modo geral, estão aqueles relacionados à prevenção e controle das infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS), demonstrando a existência de uma cultura de vigilância e notificação das IRAS.

No Relatório, a Anvisa ressalta a importância do fortalecimento da “Cultura de Segurança do Paciente” para a implementação efetiva das boas práticas de segurança nos serviços de saúde, visando a minimização de riscos e danos aos pacientes causados por falhas na assistência prestada.

Sobre a Ebserh

O HU-UFMA faz parte da Rede Ebserh desde 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 41 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação.