20/04/2024

Pessoas com deficiência visual participam de tour audiodescritivo em ruas do Centro Histórico

É incrível poder apreciar o Centro Histórico com essa audiodescrição! Está sendo muito bom, muito agradável”. O relato é da estudante universitária Wanessa Bruzaca, ela foi uma das pessoas com deficiência visual que participou de um tour com audiodescrição pelas ruas do Centro Histórico de São Luís enfeitadas com bandeirinhas do São João do Maranhão 2023 – O Maior São João do Mundo.

“A ideia é democratizar o acesso à cultura. Aqui, no Maior São João do Mundo, a gente tem vez para todo mundo, inclusive, para pessoas com deficiência visual”, explica Alessandra Pajama, especialista em acessibilidade cultural e uma das coordenadoras da ação.

O passeio guiado com audiodescrição para pessoas com deficiência visual é uma iniciativa do Governo do Maranhão, por meio da ação conjunta entre as secretarias de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Governo, (Segov) e Cultura (Secma).

A promoção deste tipo de acessibilidade cultural dentro da programação junina foi idealizada pela primeira-dama do Maranhão, Larissa Brandão, que liderou essa e outras iniciativas do gênero, como o projeto de acessibilidade cultural no Museu do Palácio dos Leões, como detalha Alessandra Pajama.

“A primeira-dama já está desenvolvendo um projeto de acessibilidade para o Museu do Palácio dos Leões, também com audiodescrição. Esse foi o primeiro tour com audiodescrição nas famosas bandeirinhas, realizado de forma bem natural e orgânica. A ideia é fazer com que as pessoas com deficiência participem também, em igualdade de participação e de direitos, como as demais pessoas sem deficiência”, sublinha Pajama.

Cultura acessível

Durante o passeio guiado pelas ruas centenárias do Centro de São Luís, os participantes foram sensorialmente estimulados, por meio do sistema de audiodescrição da Sedihpop. Com a experiência, essas pessoas tiveram a oportunidade de estabelecer um contato singular com a riqueza cultural do São João maranhense, como foi o caso do estudante e deficiente visual, Jardel Moraes, que agradeceu pela sensibilidade da primeira-dama Larissa Brandão.

“O deficiente visual tem que ter direito à acessibilidade e à inclusão. Eu agradeço o Governo do Estado em nome de todos os deficientes visuais por estar proporcionando esse passeio. Dona Larissa Brandão, muito obrigado por proporcionar esse momento com acessibilidade aos deficientes visuais”, afirmou Jardel.

O passeio com audiodescrição é mais uma medida governamental para proporcionar maior inclusão às festas populares do estado. “É uma forma de a gente democratizar o acesso a esse patrimônio tão lindo, que, além de ser o nosso Centro Histórico, tem também as bandeirinhas retratando o nosso São João e todas as nossas brincadeiras”, pontua Alessandra Pajama.

A secretária adjunta da Pessoa com Deficiência da Sedihpop, Beatriz Carvalho, ressalta que outras ações de acessibilidade cultural como o passeio com audiodescrição devem ser implementadas durante o São João do Maranhão 2023.  “A audiodescrição é um recurso necessário para que as pessoas com deficiência visual possam conhecer, reconhecer e participar desse momento cultural. O Governo do Estado está focado em proporcionar um São João cada vez mais acolhedor para todas as pessoas. Iniciamos no Centro Histórico, mas pretendemos ter outros momentos como esse nos próprios arraiais”, pontuou Beatriz Carvalho.

O São João do Maranhão 2023 – O Maior São João do Mundo é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secma, com patrocínio do Grupo Mateus, Equatorial Energia, e Guaraná Jesus e apoio de diversas secretarias e órgãos de Estado.