20/04/2024
Sem categoria

UFMA assina contrato de concessão de canal para a TV UFMA

Foto UFMA assina contrato de concessão de canal para a TV UFMA

BRASÍLIA – Após a outorga do canal 54 digital concedido pelo Ministério das Comunicações em outubro de 2013 à TV UFMA, nesta terça-feira (25), o reitor Natalino Salgado e o ministro de Estado das Comunicações, Paulo Bernardo Silva, assinaram o contrato de concessão deste canal que visa executar o serviço de radiodifusão de sons e imagens, com fins exclusivamente educativos.
Após a assinatura do contrato, o ministro Paulo Bernardo relembrou o esforço constante do reitor Natalino Salgado junto à sua equipe para a concretização do contrato. “Para efetivar este contrato existe todo um processo burocrático para fazer a seleção do canal e dar andamento ao projeto, que agora seguirá para o Congresso Nacional a fim de que seja apreciado e aprovado pelos parlamentares. Temos a certeza que não haverá nenhum obstáculo à aprovação, mas o importante é que finalmente conseguimos dar andamento aos trâmites legais”, afirmou o ministro.

Para ele, a assinatura do contrato com a UFMA, no intuito de colocar a TV Universitária em funcionamento, vai contribuir para melhorar as condições do curso na área de Comunicação Social. “Tenho a certeza de que rapidamente a TV vai se transformar em um grande instrumento de divulgação, discussão e debate da realidade maranhense, além de transmitir esta realidade para o Estado. Avalio a implantação da TV como um instrumento democrático de comunicação que tem o objetivo de levar a informação e a formação aos novos profissionais da área de comunicação que fazem parte do universo acadêmico”, completou.
O reitor Natalino Salgado também externou o seu sentimento de alegria e a satisfação em obter mais esta conquista para a Universidade, já que a TV UFMA servirá de prática acadêmica para os estudantes de Comunicação Social. “Este é um momento significativo não só para o curso de Comunicação como um grande espaço de prática acadêmica mas, sobretudo, para a elevação da qualidade de ensino pela capacidade que a TV terá de interagir com a sociedade. A transmissão de informações e de conteúdos dos debates acadêmicos que ocorrem na própria Instituição, acerca do que acontece no Brasil e no mundo vão poder induzir políticas públicas de forma que os governantes mudem a realidade do nosso Estado e do nosso País”, enfatizou.
Ele lembrou também que, além de formar profissionais com mais qualidade na área de comunicação, a TV UFMA será uma ferramenta fantástica para aperfeiçoar o processo democrático de análise das questões nacionais. “Nós temos que reconhecer o apoio do Ministro Paulo Bernardo e do Governo Federal que tem se empenhado democraticamente em entregar à nossa Universidade esse meio de comunicação que será uma grande ferramenta da formação de cidadania”, conclui Natalino Salgado.
Por se tratar de uma emissora exclusivamente educativa, a programação da TV deverá ser organizada de acordo com as finalidades de formação social e cultural da radiodifusão, além de manter um elevado sentido moral e cívico. Estiveram presentes na solenidade, a secretária de Serviços de Comunicação Eletrônica, Patrícia Ávila; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Fernando Carvalho Silva; o prefeito de Campus, Guilherme Abreu; a assessora de Planejamento, Rosária Silva; a superintendente do Hospital Universitário, Joyce Lages e o sub-procurador Geral da UFMA, Felipe Camarão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.